Empresas do Grupo:

Impermeabilização e recomposição de UHE em Pereira Barreto - SP

Nesta obra foram realizados serviços de impermeabilização e recomposição na estrutura de concreto da Usina Hidrelétrica do município de Pereira Barreto, no estado de São Paulo.

O serviço foi feito entre julho e setembro de 2020. A usina fica localizada no Rio Tietê e possui cinco unidades geradoras com turbinas que geram até 807,50 MW. Seu lago, que acumula águas uma área de captação de quase 70.000 KM², inunda uma área máxima de 785 km².

Juntas na crista da barragem

Em primeiro lugar, nos reforços de bordas das juntas foi especificado a execução de lábio polimérico em argamassa epoxídica, composta por MC DUR 1200VK + AGREGADO SK1 na proporção de 1 :6 (resina : agregado, em peso), aplicado sobre ponte de aderência MC DUR 1200VK ao consumo de 300 g/m².

A argamassa epoxídica possuí elevada resistência mecânica e abrasão com rápido ganho de resistência e cura final. Por outro lado, para o selamento das juntas foi especificado a utilização do MC FLEX 450 SP,
um selante tixotrópico bi-componente á base de de poliuretano modificado, utilizado para selamentos elásticos de juntas de pontes, obras civis, obras hidráulicas, estações de tratamento de efluentes, câmaras de separação de óleo, pisos industriais, garagens de estacionamentos e preenchimentos elástico em juntas de tubulações.

Junta de dilatação no teto da casa de força e área de montagem e galerias
de drenagem

Depois, foi especificado a utilização de MC INJEKT 2300 NV, um elastômero em gel de poliuretano flexível de baixa viscosidade para injeção em trincas e fissuras com ou sem a presença de água, ideal para selamentos não estrutural em trincas com movimentações.

Por se tratar de um material de baixa viscosidade, ele possui boa penetração em fissuras com menos de 1 mm de espessura, é altamente flexível, não retraí ou endurece e possui boa resistência química e adererência em superfícies úmidas.

E especificado a utilização do MC INJEKT 2033, espuma de poliuretano hidroativada para injeção e tamponamento provisório de infiltrações e fluxos de água, material com baixa viscosidade possuindo boa penetração em fissuras de 2 mm ou mais de espessura, rápida reação em contato com a água e boa aderência em superfícies úmidas. Por se tratar de um material expansivo, é utilizado para preenchimento de vazios para limitar o consumo de produtos nas injeções posteriores com MC INJEKT 2300 NV.

Aplicação

Estando o substrato já preparado, foi realizada fixação da tela galvanizada como estruturante do reparo, e de forma manual, através de colher de pedreiro e desempenadeira, realizado a aplicação de argamassa para recomposição de seção em canaleta de drenagem.

Após a conclusão da perfuração, foi iniciado o processo de limpeza dos furos através de aspiração ou sopro, garantindo a máxima retirada de resíduos de pó presentes no interior dos furos, provenientes do processo de perfuração, evitando assim que no momento da injeção pudesse ocorrer impedimentos no fluxo da resina através das fissuras e/ou trincas.

Concluído o processo de limpeza dos furos, fez-se a instalação dos bicos obturadores através de chaves combinadas 10 ou chave ‘L’ 10 com torque adequado garantindo a perfeita vedação dos bicos evitando retorno de resina no momento da injeção.

Primeiramente, após a injeção de água, foi realizado a injeção de resina de poliuretano MC INJEKT 2033  ao consumo de 1,800 kg/m linear de junta, que por ser um material hidroativado, ao entrar em contato com a água se expandiu, propiciando preenchimento dos vazios existentes ao longo da junta, criando uma matriz de espuma de célula aberta para diminuir o consumo da resina de poliuretano MC INJEKT 2300NV.

Concluído o processo de injeção da espuma de poliuretano e aguardado o tempo de reação, iniciou-se o processo de injeção da resina de poliuretano MC INJEKT 2300 NV, ao consumo de 1,680 kg/m linear de junta, garantindo um completo preenchimento de toda sua extensão.

Conclusão

Após a conclusão dos serviços de injeção, foi iniciado o serviços de quebra de bicos, tamponamento dos furos com argamassa de reparo e lixamento dos resíduos de resina que escorreram pelo concreto.

Os serviços de impermeabilização e proteção de estrutura da caixa separadora de água e óleo através do revestimento de poliuretano e os trabalhos de reconstituição das juntas na crista do vertedouro com argamassa epoxídica e selamento de juntas com poliuretano modificado, foram concluídas com êxito.

Se interessou? Clique aqui para realizar um orçamento! A Montante está em todo território nacional!

Rolar para cima