Empresas do Grupo:

Revitalização de estrutura de Armazém em Boa Esperança do Norte (MT)

Nesta obra foram realizados serviços de revitalização da estrutura de um reservatório de água potável localizado no município de Boa Esperança do Norte, em Mato Grosso. Os serviços foram prestados entre setembro e outubro de 2021.

O armazém passou por um incêndio que culminou na fragilização da estrutura do reservatório, vindo a apresentar trincas e fissuras que, futuramente, poderia comprometer a segurança das pessoas.

Reparo não estrutural

Primeiramente, na recuperação dos pilares e paredes indicadas no relatório de ruptura, utilizada NAFUFILL CR, uma argamassa polimérica cimentícia que serve como agente adesivo integrado e inibidor de corrosão, capaz de garantir o reparo estrutural.

O material é indicado para reparos estruturais até 60mm de espessura, reconstituição de concreto e/ou aumento da espessura de cobrimento. Além disso, o NAFUFILL CR também serve para reparos estruturais em elementos de concreto, como vigas, pilares e lajes.

Por outro lado, para tratamento das fissuras das paredes do reservatório foi feita a utilização de MC INJEKT 1264 COMPACT, um durômetro epoxídico de baixa viscosidade com boa penetração em trincas e cavidades inferior à 0,3mm. O material é ideal material indicado para selamento e reparo estrutural de trincas em superfícies para obras de engenharia civil, como pontes ou túneis, por exemplo.

Instalação de bicos metálicos

O processo de injeção foi realizado através de bicos metálicos com válvula removível e corpo de borracha expansiva 14x110mm, desenvolvidos especificamente para realização de tal atividade.

Os furos foram feitos através de marteletes perfuradores e brocas com e=14 mm e até 1000mm de comprimento, depois direcionados durante o processo de perfuração para atingir e atravessar o canal de fluxo montante das infiltrações, ou o meio das fissuras ou trincas.

Após a conclusão da perfuração, iniciou o processo de limpeza dos furos através de aspiração ou sopro, garantindo a máxima retirada de residos de pó armazenados no interior dos furos, evitando assim, que no momento da injeção possa ocorrer falha no fluxo da resina através das fissuras e/ou trincas.

Concluido o processo de limpeza dos furos, foi feita a instalação dos bicos obturadores através de chaves combinadas 10 ou chave ‘L’ 10 com torque adequado garantindo a perfeita vedação dos bicos evitando retorno de resina no momento da injeção.

Mistura e injeção de resina de poliuretano não estrutural

O durômetro epoxídico é composta pelo componente A e o componente B. A injeção de resina de poliuretano começa no processo de mistura de ambos os componentes, sendo que o MC INJEKT1264 COMPACT, possuí proporção de mistura de 2,5 :1(A :B).

Após a mistura iniciou o processo de injeção através de bomba eletropneumática de alta pressão, garantindo assim que a resina de poliuretano siga o fluxo contrário da água e faça o preenchimento dos vazios deixados, garantindo então total estancamento das infiltrações e protegendo o concreto e a armadura.

Conclusão

Após a conclusão dos serviços de injeção iniciou o serviços de quebra de bicos, tamponamento dos furos com argamassa de reparo e lixamento dos resíduos de resina que escorreu pelo concreto.

Por fim, foram realizados reparos nos pontos mais críticos das paredes e pilares apontados no relatório de avaliação após o incêndio. Os serviços foram concluídos com êxito e satisfação do contratante, onde foi realizada a reconstituição das áreas deterioradas com argamassa polimérica e injeção de durômetro para reparo estrutural.

Se interessou? Clique aqui para realizar um orçamento! A Montante está em todo território nacional!

Rolar para cima